Temer quer baixar preço de combustível e energia elétrica para aumentar popularidade



Após o preço médio do combustível subir em Salvador para R$ 4,60, nesta quarta-feira (2), o presidente Michel Temer quer que os grupos de trabalho do Ministério de Minas e Energia se adiantem nos estudos para apontar meios que lhe permita reduzir tarifas de combustível e de energia elétrica. O pedido faria parte de um pacotão de ações do presidente, que estuda tentar a reeleição em 2018, para melhorar seus baixos índices de aprovação. De acordo com a Coluna Expresso, da revista Época, Temer também estaria preparando um aumento nos valores do Bolsa Família para anunciar entre junho e julho, como forma de viabilizar sua candidatura a reeleição.

Comentários