Brasil precisa aumentar em 62% investimentos em saneamento básico, diz estudo




O Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) estabelece que o Brasil deve cumprir a meta de universalização do saneamento básico até 2033.

Para atingir esse patamar, o país deve ampliar em 62% os investimentos em redes de água e esgoto, aponta o estudo "Saneamento básico: uma agenda regulatória e institucional” da CNI (Confederação Nacional da Indústria).

De acordo com os dados do estudo, nos últimos oito anos, em média R$ 13,6 bilhões de recursos foram repassados para o setor – o investimento anual deveria ser de R$ 21,6 bilhões.

Caso o quadro se mantenha, a meta do Plansab só vai ser atingida após 2050, ou seja, com quase 20 anos de atraso.

A CNI aponta que a universalização do saneamento básico está cada vez mais distante. Para a confederação, a agenda do saneamento precisa ser uma prioridade do próximo governo. (Metro1)
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.