Ciro Gomes chama MDB de ‘ladrão’ e descarta aliança com partido




Pré-candidato a presidente da Republica, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) chamou o MDB de “ladrão” e descartou a possibilidade de aliança com o partido.

"Se deixar a porta aberta, vai vir abanando o rabo, mas está avisado que por esta porta não entra. Ladrão do PMDB vai me fazer oposição", disse o pedetista, em sabatina promovida pelo jornal Correio Braziliense.

O ex-ministro afirmou ainda que o presidente Michel Temer (PMDB) vai para a cadeia. "Peguei um tempo em que estava em pleno comando da Câmara o Michel Temer e o Eduardo Cunha, batendo bola um com o outro para roubar a nação. Fui processado por ambos. Um já está na cadeia e o outro vai", ressaltou. (Metro1)

Comentários