Diretor da Fifa, Marco van Basten admite ‘erro’ em gol da Suíça no Brasil


O holandês Marcos van Basten, ex-jogador de futebol e atual diretor-técnico da Fifa, entendeu que houve falta sobre o zagueiro Miranda, no jogo entre Brasil e Suíça, disputado no último domingo (17), e foi fruto de muita polêmica. O lance foi validado pelo juiz mexicano César Ramos, que não consultou o árbitro de vídeo. “Tive várias discussões com pessoas dentro da Fifa sobre esse assunto nos últimos dias", revelou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo "Acho que precisamos aprender com esse caso (...) Não acho que o juiz deveria ter dado aquele gol. Essa é minha opinião pessoal”, acrescentou. O duelo terminou empatado em 1 a 1. O próximo compromisso do Brasil é contra a Costa Rica, sexta-feira (22), às 9h, no estádio de São Petersburgo. (BahiaNotícias)

Comentários