Festas juninas 'badaladas' na Bahia podem não ocorrer por dívida com Ecad


Eventos juninos considerados badalados na Bahia podem “dar chabu” neste ano. A ameaça de não haver os eventos ocorre por conta de uma dívida de quase R$ 20 milhões em direitos autorais ao Ecad [Escritório Central de Arrecadação e Distribuição]. Segundo a Coluna Satélite, do Correio*, estão na lista de festas que podem não ocorrer o Brega Light [dívida de R$ 1,5 milhão] e Ticomia [dívida de R$ 700 mil], realizados em Ibicuí, no sudoeste baiano; e o São João do Allambick [dívida de R$ 80 mil], em Barreiras, no Oeste. Para receber o montante devido nos eventos juninos na Bahia – o que inclui as três festas citadas – o Ecad acionou a Justiça. O Escritório é quem faz o trabalho de arrecadação do valor devido aos compositores de músicas. (BahiaNotícias)

Comentários