Juninho Pernambucano solta o verbo contra narração de Galvão Bueno



A seleção brasileira sofreu para vencer a Costa Rica nesta sexta-feira (22). A vitória só veio aos 45 minutos do segundo tempo, com um gol de Coutinho. Neymar ampliou o placar um pouco depois, aos 51 minutos. Juninho Pernambucano, que acompanhou a partida pela transmissão da TV Globo, detonou Galvão Bueno após a partida. O ex-jogador e ex-comentarista da emissora disse, no Twitter, que o narrador passou o jogo criticando o camisa 10 do Brasil e, depois do segundo gol, quis reverter a situação.

“O cara passa o jogo criticando o Neymar, culpando até pelo pênalti sofrido. Agora quer elogiar. Galvão não para, é intocável. Faz todo mundo detonar o cara, depois do gol quer mudar. Isso sempre foi assim. Neymar é monstro e não é obrigado a arrebentar sempre. Boa Brasil”, escreveu o ex-meia.

Num segundo tuíte, Juninho ainda recomendou aos seguidores que analisem o jogo para ter opinião própria, sem se deixar influenciar pelo Galvão Bueno.

“Gente, aproveitem a copa para ter opinião própria. A maioria foi formado na escolinha do Galvão, futebol não é assim. Não gostar do lado pessoal, ok, mas aprenda a separar e analisar o jogo. A não ser q tenha sacanagem explícita”, finalizou Juninho.

Comentários