Materiais recicláveis deixam de ser selecionados por 81% dos baianos



Apesar de 95% dos baianos concordarem que o jeito correto de descartar os resíduos é fazendo a separação, 81% não selecionam os materiais recicláveis, de acordo com dados da pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência.

A importância da reciclagem, o elevado consumo e descarte inadequado de plástico foram os temas escolhidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o Dia Mundial do Meio Ambiente celebrado nesta terça-feira, 5.

O consultor de impacto social e desenvolvimento sustentável, Otávio Leme acredita falta incentivo do poder público para que a população para reciclagem.

"Se a pessoa separar e não existir uma coleta, a população acaba jogando no lixo comum de qualquer forma, não adianta selecionar", denuncia. É o caso da dona de casa Maria Souza, 57 anos, ela afirma que separa o lixo, porém, muitas vezes não sabe como fazer o descarte correto.

"Sempre faço a divisão entre plástico, lixo orgânico e o resto. Mas é difícil encontrar um lugar que possa jogar o lixo e tenha certeza de que vai ser reciclado", explica.

Conscientização

Ainda conforme a pesquisa do Ibope, 52% dos baianos dizem estar atentos na compra de produtos com embalagens que sejam recicláveis, mas apenas 1% das pessoas sabem que embalagens longa vida podem ser recicladas. Dos entrevistados, 82% afirmam saber pouco ou nada sobre cooperativas.

O papel das cooperativas que realizam a reciclagem, também, foi lembrada pelo consultor. "Elas podem ajudar muito mais a população a reciclar. Mas isso só será possível se os serviços deles forem remunerados", salienta. "Porque aceitamos aceita pagar milhões para enterrar o lixo e a gente não aceita pagar para uma cooperativa?", completa.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado no dia 5 de junho e é o principal dia das Nações Unidas para promover a conscientização e ação em todo o mundo pelo meio ambiente. Para marcar a data, a Arena Fonte Nova ganhou uma iluminação verde e amarelo durante todo dia. Fonte: ATarde

Comentários