Ministro revoga prisão preventiva de Cunha; político não sairá da cadeia




O ministro Marco Aurélio de Melo, do Supremo Tribunal Federal, revogou a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (MDB). De acordo com o site Jota, o político, porém, seguirá na prisão.

Ele seguirá preso porque há pelo menos outros três decretos de prisão contra ele, inclusive um do juiz Sérgio Moro. (AgenciaBrasil)
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.