PM prende homem que tirou foto de restos mortais de policial no Nordeste



A Polícia Militar prendeu no final da noite de quarta-feira (13), um homem supeito de tirar foto do corpo do cabo PM Gustavo Gonzaga da Silva, morto e torturado no último sábado (9) no bairro da Santa Cruz no Complexo do Nordeste deAmaralina em Salvador. As imagens, que circularam por redes sociais, mostram o corpo do militar no chão com pedaços cortados e aberto na altura do peitoral. Ao contrário do que chegou a ser divulgado no dia da morte do militar, de acordo com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) nenhum órgão dele foi retirado

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) Leandro dos Santos Souza, 20 anos, foi localizado, no final de linha da Santa Cruz por viatura das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico.

No celular ainda foram achadas imagens repassadas pelo WhatsApp. "Os militares patrulhavam quando receberam uma denúncia anônima indicando que Leandro estava, no bairro. Com o criminoso foram apreendidos 36 pinos de cocaína, 200 pedras de crack e R$ 66. Seguimos no bairro cumprindo a missão de prender todos os traficantes envolvidos na morte do nosso eterno colega. Moradores, continuem denunciando", afirmou o comandante da Rondesp Atlântico, major Edmundo Assemany.



Fonte: Correio.

Comentários