STF derruba trecho de lei que barra sátira em campanha eleitoral



Seis sindicatos baianos foram suspensos pelo Ministério do Trabalho para investigação de possíveis irregularidades. A medida vale por 90 dias. Entre os sindicatos suspensos estão: o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipreto), dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado (Sintell), das Empresas de Transporte Rodoviários de Veículos e dos Transportadores Autônomos de Veículos, dos Trabalhadores Autônomos de Veículos, dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Feira de Santana, dos Pescadores de Sento Sé, dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de Jequié e Região.

De acordo com o Diário Oficial da União, os sindicatos devem apresentar as certidões para serem reanalisadas por uma comissão mista composta por três servidores da Secretaria de Relações do Trabalho.

As informações são da coluna Satélite, do jornal Correio.

Comentários