Bélgica despacha o Brasil e vai enfrentar a França na semifinal



Em uma verdadeira vingança do Mundial de 2002 (Japão e Coreia do Sul), a Bélgica venceu o Brasil hoje (6), por 2 a 1, na Arena Kazan, conquistou vaga na semifinal e despachou Neymar e companhia da Copa do Mundo da Rússia.

Os europeus abriram o placar logo aos 13 do primeiro tempo, com um gol contra de Fernandinho, após cobrança de escanteio de Chadli pelo lado esquerdo do ataque. Kompany subiu para tentar cabecear, a bola passou e, na subida com Gabriel Jesus, a bola resvalou no ombro do volante brasileiro.

O segundo foi aos 30, com De Bruyne, que puxou o contra-ataque rápido, levou a defensiva canarinha e tocou na ponta direita para o astro do Manchester City acertar um balaço no canto canhoto de Alison.

a etapa final, Tite trocou Willian por Firmino, na tentativa de reagir ao placar adverso. A equipe se posicionou de forma mais ofensiva, enquanto o oponente recuou, ampliou a marcação e tentou surpreender nos contra-ataques.

Aos 11 minutos, a polêmica da partida: Gabriel Jesus recebeu passe de Marcelo na ponta, meteu debaixo das pernas de Alderweireld e foi tocado por Kompany. Apesar da consulta ao árbitro de vídeo, o pênalti não foi confirmado. Logo depois, o camisa 9 deu lugar a Douglas Costa.

O gol do Brasil foi marcado por Renato Augusto, que tinha acabado de entrar em lugar de Paulinho, de cabeça, ao aproveitar um levantamento na área na medida de Phillipe Coutinho.

Com o resultado, a Bélgica vai enfrentar a França, na próxima terça-feira (10), às 3h da tarde, em São Petersburgo, sem Meunier, que recebeu o segundo cartão amarelo, aos 25 do segundo tempo, depois de cometer falta sobre Neymar. (Metro1)

Comentários