Na Bahia, centrão se divide entre Rui e Zé Ronaldo




Considerado o fiel da balança na disputa pela Presidência da República, o chamado centrão está dividido na Bahia. O grupo é formado por DEM, PP, SD e PR e reúne, no Congresso Nacional, boa parte dos parlamentares.

Na Bahia, Rui Costa deve seguir com PP e PR. O PP, inclusive, com posição de destaque na chapa que concorrerá à reeleição, já que tem o vice, João Leão. Além disso, a legenda pleiteia uma suplência. Durante a gestão Rui, o partido ensaiou algumas rebeliões na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), mas manteve-se fiel.

Junto ao petista deve permanecer também o PR, comandado no estado por José Carlos Araújo. O partido flertou com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e foi um dos fatores que o fez desistir de concorrer ao Palácio de Ondina.

Já com José Ronaldo (DEM), ficará o Solidariedade. A legenda é aliada em Salvador e seu presidente, Luciano Araújo, já admitiu que permanecerá com a candidatura do democrata em plano estadual. (Metro1)

Comentários