Quase metade da bancada baiana falta à votação sobre privatização da Eletrobras




Quase metade da bancada baiana faltou à sessão que autorizou a venda de seis distribuidoras da Eletrobras. Dos 22 presentes, sete votaram contra a matéria e 15 a favor.

Não compareçeram ao plenário para apreciar o projeto: Afonso Florence (PT), Arthur Maia (DEM), Bacelar (Podemos), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Claudio Cajado (PP), Erivelton Santana (PSC), Fernando Torres (PSD), Irmão Lázaro (PSC), João Gualberto (PSDB), Jorge Solla (PT), Josias Gomes (PT), Jutahy Júnior (PSDB), Lúcio Vieira Lima (MDB), Sérgio Brito (PSD), Tia Eron (PRB) e Uldurico Júnior (PV).

Pelo texto, serão privatizadas: Amazonas Energia; Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron); Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre); Companhia Energética de Alagoas (Ceal); Companhia de Energia do Piauí (Cepisa) e Boa Vista Energia. (Metro1)

A favor

Antonio Imbassahy (PSDB)
Benito Gama (PTB)
Cacá Leão (PP)
Elmar Nascimento (DEM)
João Carlos Bacelar (PR)
José Carlos Aleluia (DEM)
José Carlos Araújo (PR)
José Nunes (PSD)
José Rocha (PR)
Márcio Marinho (PRB)
Mário Negromonte Jr (PP)
Paulo Azi (DEM)
Paulo Magalhães (PSD)
Roberto Britto (PP)
Ronaldo Carletto (PP)

Contra

Alice Portugal (PCdoB)
Antonio Brito (PSD)
Daniel Almeida (PCdoB)
Félix Mendonça Júnior (PDT)
Nelson Pellegrino (PT)
Walmir Assunção (PT)
Waldenor Pereira (PT)

Comentários