UFRB reage contra cortes financeiros na mobilização “2 de Julho em Defesa da Ciência”




A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participou, em Salvador, da mobilização “2 de Julho em Defesa da Ciência”, convocada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que completa este ano sete décadas de atuação.

A comunidade universitária da UFRB se concentrou com outros manifestantes interessados na defesa da educação, pesquisa e tecnologia, no Largo da Lapinha, por ocasião dos festejos da Independência da Bahia, data que marca o calendário político, histórico e popular baiano.


A participação na mobilização é uma reação da UFRB contra os cortes financeiros no Orçamento Geral da União destinados a Educação, Saúde, Ciência e Tecnologia nos últimos anos, que têm atingido diretamente o funcionamento das instituições públicas de ensino, de fomentos à pesquisa e à inovação tecnológica, em empresas inovadoras e instituições de ciência e tecnologia. Os cortes prejudicam, também, o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS); os Programas de Educação do Campo (INCRA) e Educação e Formação em Saúde.

Além do baixo orçamento aprovado em 2018, outro agravante para as áreas foi a Medida Provisória 839/2018, editada pelo Governo Federal para compensar os gastos gerados pelo acordo com os caminhoneiros. Essa medida reduziu ainda mais os recursos em quase R$ 800 milhões destinados a instituições subordinadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e não deve ser minimizada.

Outras mobilizações

A SBPC convocou as sociedades científicas afiliadas a realizar atividades culturais e manifestações públicas em defesa da ciência e da educação e contra os cortes orçamentários no Dia Nacional da Ciência e no Dia Nacional do Pesquisador, registrado no Dia 08 de julho. O objetivo é chamar a atenção da população para a grave crise dessas áreas no Brasil.

Em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG) os eventos de protesto estão marcados para o próximo dia 8; em Brasília (DF) acontece no próximo dia 12, no Plenário da Câmara dos Deputados, com a participação de representantes de entidades científicas e deputados. (ASCOM/UFRB)

Comentários