Amargosa: Estudante da UFRB é presa pela PM acusada de injúria racial e desacato




A estudante da UFRB identificada por Fernanda Dantas Carneiro foi presa pela Polícia Militar, no fim da tarde deste sábado(05), no Centro de Amargosa, acusada de injúria racial e desacato. Segundo a PM, a jovem teria ofendido um policial militar negro.

O fato ocorreu por volta das 17h próximo a Feira Livre. Policiais do PETO/99ªCIPM, em ronda no local citado, ouviram a autora proferir a seguinte frase: “bala e fogo nas putas!”, motivo pelo qual foi abordada.

De acordo com a Polícia, durante a abordagem a jovem desacatou a guarnição e teria dito que não iria conversar com um soldado por ele ser negro. Foi dado voz de prisão, e a jovem foi encaminhada até a Delegacia de Amargosa, onde teria proferido outra frase registrada pelo policial plantonista: “Meu Deus, vou ser presa por um negro!”. A prisão em flagrante foi lavrada em Santo Antônio de Jesus e a mesma encontra-se presa na Delegacia de Amargosa.

O Coletivo de Estudantes Indígenas da UFRB divulgou uma nota sobre prisão da estudante, onde afirma má interpretação por parte dos policiais.
Da Redação.

Marcadores: ,

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.