Bolsonaro e Marina trocam farpas sobre diferença salarial entre homens e mulheres



No debate dos candidatos ao Planalto transmitido ao vivo pela RedeTV!, na noite de ontem (17), os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede) se destacaram na troca de farpas sobre a diferença salarial entre homens e mulheres no Brasil.

Marina confrontou a afirmação dele de que a diferença salarial entre homens e mulheres não é uma questão por já ser vetada pela CLT, momento de maior tensão do confronto ideológico entre os oito presidenciáveis presentes. O PT tentou a participação de Lula, preso em Curitiba desde abril, mas a Justiça negou a reivindicação.

“Não é uma questão de que não precisa se preocupar. Tem que se preocupar sim”, disparou Marina a Bolsonaro. Anteriormente, o deputado havia dito que na CLT já está garantida a igualdade salarial. "Não temos que nos preocupar com isso", declarou.(Metro1)

Comentários