Com 9 segundos na TV, Bolsonaro não terá marqueteiro e irá defender a Lava Jato



O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), não irá contratar marqueteiro para a campanha na TV.

O deputado diz que começa hoje a gravar os vídeos, do celular, no apartamento dele no Rio. Três frases serão mencionadas: “Pelo fortalecimento da Lava Jato”, “Pela revogação do Estatuto do Desarmamento” e “Em defesa da família”.

Segundo o Estadão, ele vai encerrar os programas com o nome dele, do partido e o número na urna.

Com pouco tempo na TV, Bolsonaro não pretende falar de saúde e educação nos programas. “É preciso ter uma marca para a campanha toda”, disse.

Comentários