Empresário é preso e 80 mil cartelas falsas da zona azul são apreendidas



O dono de uma empresa gráfica foi preso em Feira de Santana (a 109 quilômetros da capital baiana), durante uma operação da Polícia Civil, por confeccionar ilegalmente talões de estacionamentos da zona azul da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) e também de Feira. Na ação, foram apreendidos mais de 80 mil cartelas falsas. Só com o empresário, a polícia encontrou 8 mil talões.

Segundo o site Acorda Cidade, Adelmário Brito, proprietário da gráfica Brasil Brindes e Cartões, falou à polícia que teria recebido o pedido de um homem de prenome João para que fizesse as impressões. O empresário cobrou R$ 0,15 pelas 8 mil impressões. O empreendimento, localizado no bairro Campo Limpo, atua em Feira há mais de 10 anos, conforme o site local.

O advogado André Novais disse ao Acorda Cidade que o cliente não tinha conhecimento sobre o crime. Adelmário foi preso na manhã desta quarta-feira, 22, no apartamento onde morava, na avenida Fraga Maia. Os 8 mil talões foram achados no imóvel dele.

“Ele foi procurado por uma pessoa de Salvador, de prenome João, solicitando esse serviço de serigrafia, que seria a impressão destes talões. Ele relatou que essa pessoa disse que tinha vencido a licitação e o procurou pedindo esse serviço. Ele prontamente o atendeu e posteriormente ficou de receber outra parte do pagamento. Como é uma empresa de portas abertas, que atende a várias cidades da Bahia, ele fez as impressões de cerca de oito mil talões”, afirmou Novais. (ATarde)

Comentários