França veta uso de celulares nas escolas públicas




O uso de telefones celulares em escolas públicas da França foi proibido definitivamente pelo parlamento do país. A lei aprovada já estava entre as promessas de campanha do presidente Emmanuel Macron, que chegou a definí-la como uma "medida de desintoxicação" contra a distração nas salas de aula.

A proibição deve entrar em vigor em setembro, no início do novo ano escolar. A partir de então, o uso de qualquer objeto conectado, como celulares, tablets e relógios, em écoles e collèges (crianças de 6 a 14 ou 15 anos) será vetado durante o período escolar.

A medida abre exceção apenas "para uso pedagógico", que deve constar no regulamento interno de cada instituição, ou para atividades com alunos com deficiência. As programações fora da sala de aula, como esporte, também vão ser afetadas.

Para o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, a lei "envia uma mensagem à sociedade francesa", mas também ao exterior, com "outros países interessados". Blanquer elogiou e descreveu a determinação como uma "abordagem moderna das tecnologias", caracterizada pelo "discernimento". (Metro1)
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.