Grupo assume autoria de ataque contra presidente da Venezuela



O grupo venezuelano Soldados de Franelas assumiu autoria de uma tentativa de atentado contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ocorrido no sábado (4). Durante um evento militar em Caracas, drones carregados com explosivos foram abatidos por militares antes de chegarem perto do chefe de estado.

"Demonstramos que são vulneráveis. Não conseguimos (alcançar o objetivo) hoje, mas é questão de tempo", diz o grupo, que afirma ser composto por militares patriotas e civis leais ao povo venezuelano, pelas redes sociais.

Maduro relacionou o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, ao ocorrido. "Tentaram me assassinar no dia de hoje e não tenho dúvida de que tudo aponta para a direita, a ultradireita venezuelana em aliança com a ultradireita colombiana e que o nome de Juan Manuel Santos está por trás deste atentado, não tenho dúvidas", afirmou o chefe de estado venezuelano. (Metro1)

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.