Paciente de Dr. Bumbum morreu de embolia pulmonar, confirma laudo




Laudo do Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro confirmou que embolia pulmonar – obstrução em uma artéria do pulmão – foi a causa da morte de Lilian Calixto.

A bancária morreu no último dia 15 após realizar um procedimento estético com o médico Denis César Barros Furtado, conhecido como Dr. Bumbum.

Segundo a TV Globo, o perito apontou que havia micropartículas espalhadas pelo pulmão da paciente, o que impediu a oxigenação do sangue. O laudo também indicou quadro de choque, com falência de órgãos como fígado e rim.

O médico, que não tem registro para atuar no Rio nem formação em cirurgia plástica, já havia admitido em depoimento à polícia que havia injetado cerca de 300 ml de um produto chamado PMMA (polimetilmetacrilato, derivado do acrílico) no glúteo da paciente. (Metro1)
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.