Trump diz que deve se encontrar novamente com Kim Jong-un, da Coreia do Norte



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ontem (20) que "provavelmente" se reuniria novamente com o ditador norte-coreano Kim Jong-un e defendeu seus esforços para convencer Pyongyang a desistir de suas armas nucleares.

O republicano afirmou acreditar que a Coreia do Norte tomou passos específicos para a desnuclearização, apesar de dúvidas em relação à disposição real do país de se desarmar.

À agência Reuters, Trump alegou que "muitas coisas boas estão acontecendo" com a Coreia do Norte, mas reclamou que a China não estava ajudando no assunto por causa das disputas comerciais do país com os EUA. (Metro1)

Comentários